CamaJá que você me ama
Pode vir como quiser
Eu deixo a cama feita
A janta pronta
E ao deitar, ainda, te faço um cafuné

Abro a janela e mudo a cama de lugar
De frente pra lua
Com o brilho das estrelas
Eternamente eu vou te amar

Se não quiser ficar
Eu vou deixar você partir
Não te prendo do meu lado
Mas no meu peito eu já prendi

Então saudade toma conta
A cama já está feita
A janta já está pronta
E o meu corpo já espera
O dia que voltar

Nairon J. Alves.
Maio, 15, 2014 às 16h25min.