Meu peitoEm meu peio há amor
E entre amor há ternura,
Compaixão, sinceridade,
Saudade e um pouco de solidão
Há também um pouco de dor
Tanto quanto há imaginação

Enquanto a dor da saudade é quente,
A dor da tristeza é fria
E por vezes se esgueira
E toma meu peito; meu coração.

Mas em meu peito há um abraço
E outro peito abraçado
Quando nos meus lábios eu não te encontro
É no meu peito que te acho
E me refaço em canção.

Nairon J. Alves
Abril, 27, 2014 às 22h31min.