Hoje sou um pouco você, Passarinho
(Afinal)
Sabe que não parte sozinho
Nem que voa pra longe
Vai para cima
Onde o sol se esconde
Ficando por dentro do meu coração

Onde sentimos o gosto da brisa,
Assim como sei que já voa sozinho
E que não tem medo de tentar, mudar, fluir…
Até porque amor é segurança
É esperança e o calor de dois verões
Num inverno de saudades

Mas quando se parte
Fica o vazio no seu lado,
Onde eu que era dois, sou metade, só
E aprendendo a ser sozinho
Somos todos mais de um
Em um só amor.

Então, sabe que não parte sozinho
Nem que voa pra longe
Vai para cima
Onde o sol se esconde
Ficando por dentro do meu coração
Entre o brilho das estrelas
E o calor dos meus abraços.

Dezembro, 18, 2013 às 21h21min.

Obrigado a todos os leitores do blog por permitirem-me levar um pouco das minhas palavras, dos meus sentimentos e do meu amor a poesia a todos vocês, proporcionando-me muita felicidade e alegria. Um feliz 2014!

Sempre grato,
Nairon J. Alves!