Eu gostaria de te dizer, Tempo,
Que não passe
E se o fizer, seja calmo
Pra que eu aproveite de corpo e alma
Cada lágrima secada com um sorriso
E um abraço ou um afago
De amor de irmão ou amigo.

Eu gostaria de te pedir, Tempo,
Que não me tire a respiração
E se o fizer, que me devolva
Pra que eu possa aprender a voar,
E saborear cada momento
Sem medo, apenas com o desejo
De ser feliz.

Eu gostaria de te falar, Tempo,
Que não me tire a alegria,
E se o fizer? Bom, não te perdoaria,
Pois tudo seria em vão.

Eu gostaria, Tempo,
Que eu não tivesse tristeza
E se eu tiver, que eu não caia,
E se eu cair, Eu vejo uma, duas, três…
Mãos pra me ajudar a levantar!

Obrigado, Tempo, pelos sorrisos,
Pelas lágrimas e pelas horas…
Além de todos os abraços apertados
Agora, por favor, me permita voltar a sonhar!

Nairon J. Alves
Setembro, 30, 2011 Às 01h23min