Acordei,
Esperança, correr, sonhar dormir feito criança
Chorei de amor com tais lembranças,
Passei por ruas escuras de especulação,
Indaguei sobre teorias de super heróis,
Vislumbrei monstros em batalhas épicas,
Salvei a princesa donzela,
Montei num cavalo branco, fui príncipe, vilão,
Bandido, mocinho, ladrão, medico, sonhador…
Matei dragões, morri, renasci, sofri, fui feliz
Só não quis crer em contos de fada,
Pois, não há como saber o que há no lado escuro da lua
Como crer em amores que duram pra sempre?
Dormi.

Nairon J. Alves